==> Acreditar que o faz bem para os humanos vai fazer bem aos animais...

Esse é um erro gigantesco! Nossos organismos são muito diferentes e aquilo que nos ajuda e beneficia pode ser danoso para eles!

Um exemplo conhecido é o caso do chocolate. Enquanto nós, humanos, adoramos e consumimos em grande quantidade, sem problema algum, para eles basta uma pequena porção para uma grave crise de intoxicação. Muito sério isso, viu!

O que pouca gente sabe é que assim como acontece com o chocolate existem muitos outros alimentos que não deveriam nem passar próximos da dieta do animal! Fique de olho!

O que você prefere que seu pet tenha: beleza ou saúde?

Muitos tutores pensam que as duas coisas estão relacionadas... será?

Pesquisas feitas pela associação das empresas do segmento pet no Brasil atestam: os brasileiros gastam muito mais com beleza, e acessórios, do que com a saúde de seus animais de estimação.

Sim, é muito bom e gostoso chegar em casa e encontrar nossos pets limpos e cheirosos, após mais uma passagem no petshop... No entanto, é sempre válido lembrar que nada disso garante a saúde do animal, e tampouco a vida mais duradoura dele.

Aliás, essa introdução é justamente para falar sobre isso, o quanto os animais aqui no Brasil morrem de forma precoce! Um pet cuja raça deveria permanecer viva por 14 a 18 anos quando recebe o tratamento certo), não chega a viver nem mesmo 1/4 disso - o animal morre antes mesmo de completar 5 anos de vida.

Consegue imaginar isso? Triste, não é mesmo? E as razões para mortes tão precoces vão desde acidentes domésticos, traumas provocados por lesões e, principalmente ingestão de alimentos inapropriados..

Esse artigo tem por missão mostrar a você que mesmo alimentos que consideramos  “inofensivos” podem causar graves distúrbios de saúde no seu pet. Ele é uma “introdução” a esse assunto e eu desejo, de coração, que você busque mais conteúdos sobre o tema: dessa forma seu pet estará menos sujeito a doenças, tratamentos dolorosos e óbito!

Todas as Frutas são benéficas (se vocêe acredita nisso, cuidado!)

Praticamente todos nós, tutores, temos a tendência intuitiva de acreditar que frutas em geral são alimentos 100% saudáveis, naturais e que por isso mesmo não possuem contra indicação.

Não fazemos isso por mal, mas somos educados, desde crianças, a pensar assim. O que não é exatamente um problema, quando a ingestão se dá por nós mesmos, seres humanos. O problema (grande) é quando usamos a mesma forma de pensar na hora de alimentar nossos animais!

Acontece que o organismo dos pets é beeem diferente do nosso, e é por isso que a ingestão de algo que nos é agradável e nutritivo, por exemplo, pode ser um problemão para eles..

Uma pergunta rápida: se você soubesse que determinado alimento é potencialmente capaz de causar até mesmo óbito no seu amado, você daria para ele? Pois isso é possível de acontecer com a fruta descrita abaixo..

Antes que alguém precipitado diga que as uvas nunca fizeram nenhum mal ao seu pet, um esclarecimento: nem todo animal apresenta sintomas de intolerância a ingestão da fruta.

No entanto, uma advertência: há estudos que estimam um risco de morte entre 50 e 75% nos casos de intoxicação causados pelas uvas. E aí eu te pergunto: ainda que nunca tenha ocorrido nenhum problema perceptível, você teria coragem de dar ao seu pet um alimento com esse percentual de risco?

Veja, embora alguns animais não sintam qualquer problema em comê-las, outros podem apresentar quadros de diarreia, vômitos, apatia, dor abdominal, e pouca ou nenhum produção de urina. Portanto, voc~e até pode achar que não há mal em servir ao seu pet, mas sabe aquele cocô molinho?... Então...

Muito pior que o descrito, em alguns casos extremos, mesmo uma pequena porção de uvas pode significar insuficiência renal aguda, ou mesmo óbito.

Um erro muito comum dos tutores acontece com a chegada de um novo animal na casa - como os existentes nunca demonstraram nenhum sintoma em comer uva, o tutor logo imagina que que fornecer ao novo pet não será um risco. No entanto, esse novo animal, com um organismo mais sensível, pode ter uma crise ainda na primeira porção servida.

Por isso a minha recomendação é simples e direta: se você não é do tipo que gosta de correr perigos, tire as uvas da dieta de seus pets.

Veja o depoimento abaixo, de um dos nossos alunos do nosso curso avançado sobre intoxicação alimentar em pets, após descobrir a quantidade de problemas que as frutas (sim, existem outras além das uvas) pode provocar nos animais:

(Esse é um dos momentos mais tristes e angustiantes na vida de um tutor: quando ele descobre que algo que ele fez acabou por prejudicar a vida de seu pet.)

E aí, me conta, não é mesmo surpreendente esses dois casos que vimos (do pão e da uva)? Pois calma, temos muito mais para conversar...

Assim como acontece com a alimentação, há diversas coisas dentro do universo pet que merecem ter nossa atenção, se queremos que nossos animais fiquem o mais protegidos e saudáveis possíveis...

Por isso, eu quero te fazer um convite...

Eu tive a oportunidade de entrevistar dezenas de grandes veterinários, de diversas especialidades, e gostaria de te convidar a ouvir o que cada um deles têm a dizer (e a te ensinar)...

Para tanto, eu criei um evento, gratuito e online, onde você vai poder ouvir dicas e orientações sobre cuidados com os olhos, a pele, a saúde bucal, bem como psicologia e uma porção de coisas que normalmente temos dificuldade em ter acesso, principalmente devido ao alto custo desses profissionais...

Quer participar? Basta clicar no botão abaixo e se inscrever.

OBS: É 100% GRÁTIS e ONLINE - você assiste a tudo no conforto da sua casa. Portanto, não há motivo para não participar, certo?

CNPJ: 20.481.872/0001-26    -   contato: marcelo@animale.me

Aviso: qualquer informação presente no site "Animale.Me" e de seus produtos, não devem ser considerados como um ganho comum ou ganho exato. As dicas e sugestões dadas não garantem resultados, uma vez que isso depende exclusivamente do trabalho e dedicação individual de cada um. Todas as informações dos visitantes, como nome e e-mail, são protegidas, e não serão compartilhadas, divulgadas, ou vendidas para terceiros. Ao se registrar neste site, o usuário cadastrado receberá outras promoções de conteúdos e cursos  sobre cuidados com animais de estimação.