PIF (Peritonite Infecciosa Felina) – Essa doença mata!

Observe seu gato. Se ele de repente começa a espirrar, lacrimejar, tem diarréia e alguma dificuldade respiratória, cuidado! Ele pode estar com Peritonite Infecciosa Felina. E o que é pior: essa doença mata!

A PIF é uma doença causada por uma infecção por um coronovírus. Ela ataca as células brancas do sangue, onde o vírus cresce e se transmuta. A PIF provoca então uma inflamação no local. Apenas uma pequena parte dos gatos infectados irá desenvolver a doença, mas é importante destacar que ela é incurável, e altamente transmissível.

 

Propensão

De maneira geral, os filhotes são mais propensos a desenvolver a doença, pois seu sistema imunológico é mais frágil. Mesmo motivo pelo qual gatos mais idosos também podem pegar mais facilmente.

 

Contágio

O coronavírus que provoca a doença pode ser disseminado principalmente através das fezes e do contato direto. Ou ainda, através de um local infectado, como uma mobília, brinquedos, tapetes e caixas de areia.

Por isso, se você tem um gato infectado, as chances de que outros gatos da casa também desenvolvam a doença são grandes.

Às vezes, mudar de casa implica em ir morar numa residência contaminada, por isso, é importante uma boa limpeza antes de introduzir no local seu animal de estimação.

A doença não é transmissível para outros animais ou seres humanos, mas o contágio de felino para felino é muito alto.

E o coronavírus resiste por até 2 meses num ambiente seco. Assim, se você tiver um óbito por PIF na sua casa, aguarde um bom tempo para arrumar outro animal.

 

Sintomas

Com a progressão da doença, outros sintomas podem incluir perda de pelo e peso, perda de apetite, problemas digestivos, depressão e febre alta. Isto leva a um fluido excessivo no peito ou no abdômen, o que torna difícil para o gato respirar.

São sinais da PIF, ainda, a insuficiência hepática e renal, certos problemas neurológicos, como desorientação e paralisia, diabetes, vômitos e infecções oculares que podem levar à cegueira.

Claro, cada caso é um caso, e por isso é muito importante que você procure ajuda tão logo suspeite da doença.

 

Tratamento

Infelizmente, a expectativa de vida de um gato diagnosticado com PIF não é muito alta, variando de alguns meses até mesmo a poucos dias.

A ajuda de seu veterinário é muito importante, pois ele conseguirá atenuar os sintomas e fazer com que seu animal de estimação sobreviva o máximo de tempo possível, com o máximo de qualidade de vida.

 

Gostou do post? Achou curioso? Dê um like para ele! Adoramos quando percebemos que nossos leitores curtiram nosso trabalho!

 

Written By
More from Animale.Me

Beagle – um cão forte, corajoso e com muita disposição física

Muito paciente e brincalhão, é um cão ideal para quem tem crianças....
Read More