Especialmente para Você!

Assista o vídeo até o fim e veja a surpresa que eu reservei a você!

(veja COMO ELIMINAR a COPROFAGIA de sua vida!)

Pense... você gostaria que:

  • Seu pet parasse de comer as fezes de forma imediata, sem voltas?
  • Que ele pudesse subir de novo em cima da sua cama e do seu sofá, sem receios?
  • De pegar seu pet no colo, sem nojo?
  • Que ele pudesse te lamber, sem surpresas desagradáveis?
  • Que seu pet pudesse aparecer na frente da família e de visitas, sem constrangimentos?

Se você disse sim a algumas dessas coisas você está no lugar certo!

Olá, eu sou o Marcelo, da Animale e esse é um pneu furado…

…eu sei que parece incrível mas um pneu furado vai te ajudar a resolver o problema de coprofagia de seu pet de uma vez por todas

Eu quero que você pare tudo o que estiver fazendo e preste muita atenção no que eu vou te contar que em instantes você vai compreender como isso faz todo sentido...

Assista a esse vídeo até o fim que eu vou te mostrar como você pode resolver esse problema na sua casa ainda hoje...

Você vai descobrir qual o maior erro que você comete para conseguir isso...

um erro simples de ser resolvido, mas que 99% das pessoas comete, por não saber reconhecê-lo..

Quem sou eu e porque você deve confiar em mim?

Meu nome é Marcelo e sou um dos fundadores do portal Animale.Me...

Minha missão é ajudar você a dar uma vida mais saudável e feliz ao seu pet! Já ajudei mais de 1 milhão 310 mil pessoas com meus artigos e recomendações e minha página do facebook conta com mais de 104.857 fãs! Além disso, já respondi a um número incalculável de emails (muitos milhares), pedindo dicas e orientações.

Veja o analytics do portal animale.me:

Eu tenho por missão ajudar as pessoas a conviverem bem com seus pets!

e foi buscando ajudar que eu percebi que coprofagia é um grave problema no relacionamento das pessoas com seus animais..

as pessoas amam seus pets, as vezes gastam muito dinheiro para adquiri-lo, cuidar bem dele, e elas sofrem com esse hábito repugnante...

passam a ter vergonha, nojo, e até a evitar contato físico...

por isso eu estudei muito, li tudo o que estava na internet, me consultei com 2 veterinários experientes e depois de 2 meses de muito trabalho, montei uma planilha com 5 técnicas que eu achei certeiras para acabar com o problema...

daí fui todo feliz e esperançoso contar para meus leitores as novidades...

...quer saber o que aconteceu?

Não deu certo!... Em poucos dias eu recebi uma tonelada de emails dizendo que aquelas técnicas não funcionavam...

Eu fiquei arrasado...

Apesar de todo o esforço, de todo o estudo e empenho, eu havia falhado...

Devolvi o dinheiro de todas as pessoas que haviam confiado em mim e prometi a mim mesmo que iria encontrar a solução para esse problema.

Mas como, se eu havia lido TUDO o que havia disponível sobre isso?

comecei a me perguntar por que e onde eu havia falhado...

então voltei aos mesmos sites que eu havia pesquisado antes e reli tudo...

eu me lembro do dia em que chorei de raiva e da sensação de impotência que eu senti......

havia algo que eu não estava percebendo.... e eu não sabia o que era...

aliás, foi aí que eu percebi que toda a informação disponível na internet não serve para nada... as dicas e conselhos não adiantam...

e eu sei que você já deve ter lido muitas dessas coisas e ter feito muitas das recomendações (sem sucesso)...

por isso eu sei que você entende a minha frustração...

E essa sensação de desânimo frente ao problema durou até o dia em que um pneu furado e um conselho do meu pai me deram a luz que faltava para entender onde eu falhava!

Sim, um pneu furado me mostrou qual era o grande erro!

Foi assim: num domingo de sol, saímos para um almoço em família eu, minha esposa, minha filha e meus pais. No caminho para o restaurante, eu percebi que o carro puxava insistente para um dos lados. Parei o carro, desci para ver o que era e constatei: um dos pneus estava murcho. 

Para minha sorte daquele local onde eu estava eu avistei, duas quadras a frente, um posto de gasolina. Levei o carro até lá e enchi o pneu de ar... 

Pneu cheio, fomos até o restaurante, almoçamos - deliciosa a comida, por sinal - e, na saída de lá, a surpresa: o pneu estava murcho de novo. 

Eu perguntei para o manobrista onde havia um posto de gasolina para encher o pneu ao que meu pai disse as sábias palavras que em instantes explodiriam meu cérebro:

"Marcelo, não é de posto de gasolina que você precisa, você precisa de borracheiro! Não vai adiantar encher o pneu.. Você precisa consertar o furo!"

Eu ouvi aquilo, parei por um ou dois segundos para pensar e comecei a rir. Feito bobo! Toda minha família me olhando, o carro parado do meu lado, com pneu murcho, e eu rindo feliz! Eu dei alguns passos então, parei na frente do meu pai, sorri e o abracei bem forte. Ninguém entendeu nada, lógico.. 

O caso é que com aquele comentário meu pai tinha resolvido o problema que eu e milhares de pessoas não conseguíamos resolver.....

Eu me senti dentro do seriado de House (aquele médico que resolve casos complicados). Sabe quando ele ouve uma coisa que não tem a menor ligação com o caso médico de que ele trata, mas aquela coisa desperta uma solução na cabeça dele? Pois é, foi assim...

Aquele comentário do meu pai me fez perceber que o tempo todo estamos tentando resolver um sintoma do problema e não a causa.

E é por isso que o problema não acaba!

É exatamente como o pneu murcho: eu posso encher ele de ar quantas vezes forem, ele sempre vai ficar murcho de novo - até que eu conserte o furo!

No caso da coprofagia dos pets, estamos o tempo todo atuando no sintoma (que é o animal comer as fezes) e não na causa (porque ele come).

Se descobrimos a causa, e atacamos ela, os sintomas desaparecem!

Faz sentido, não é?

E é por isso que recebo tanto email falando que a solução x ou y deu certo por um tempo, mas logo o animal voltou a comer as fezes...

Quando se trata um sintoma ele desaparece por um tempo, mas sem tratar a causa ele logo volta..

É como uma dor de cabeça recorrente: você toma analgésico e ela some, mas quando o efeito do remédio acaba, a dor volta. Afinal, o remédio foi apenas um paliativo - você não tratou a causa da dor!

E aí eu te pergunto: adianta tirar o cocô da frente do seu pet, sem tratar essa causa para o problema? Não, não adianta!!!

E adianta pingar isso e aquilo em cima das fezes, para torná-las indigestas ao olfato do pet? Não, também não adianta!

Todas as vezes que o pet tiver oportunidade, ou porque você não recolheu, ou não pingou as gotinhas milagrosas, ele vai reconhecer o alto valor nutricional dessas fezes e vai tentar comê-las…

Se você não cuidar dessa causa (ou de qualquer outra) você vai ficar uma escrava - a vida inteira tendo de correr para esconder do animal os excrementos dele.

Você quer isso? Enquanto seu pet viver ter de correr para tirar o cocô da frente dele? Claro que não!

Então, naquele mesmo domingo, eu comecei a buscar as possíveis causas da coprofagia dos pets, o que foi muito complicado pois quase não há material disponível sobre isso…

eu cheguei a pagar R$ 350 a hora para me consultar com um grande especialista veterinário (que mais atrapalhou do que ajudou)…

no final, eu gastei mais de R$ 1000, com essa consulta mais uma porção de livros e material de pesquisa, fora as dezenas de horas de trabalho que foram necessárias para compilar todo o material...

Mas eu pagaria muito mais, se necessário fosse, para resolver essa questão! Eu estava determinado, como acho que você também está!

... demorou, mas eu reuni o que eu posso chamar de maior estudo sobre coprofagia já feito e disponibilizado ao grande público

====> com uma linguagem que qualquer um pode entender…

====> e não palavras e jargões que só veterinários entendem...

Nesse estudo eu reuni 28 motivos para que um pet coma suas fezes. 28!

Repare: isso é como se houvesse 28 tipos de furos num pneu… e você tentando encher ele de ar! ..rs..

Agora eu quero que você imagine o que pode acontecer quando você identificar a causa da coprofagia de seu pet, tratar ela, e curar ele desse comportamento...

veja ele subindo no seu tapete, na sua cama e no seu sofa… sem medo dele sujar nada! nem levar nada para esses espaços...

veja você pegando seu pet no colo, sem surpresas desagradáveis, ganhando uma lambida carinhosa...

perceba como você não grita mais com ele, não fica com raiva, e sua rotina de vida, da sua casa, fica mais leve e agradável!

sua casa está mais tranquila! mais feliz! parece que tudo está no lugar certo..

E se eu disser que essa paz, essa tranquilidade está a um passo de ser alcançada?

De forma simples, rápida! Você quer isso?

Perguntei para as leitores da Animale o que as deixaria mais felizes com um investimento de cerca de R$ 1.000:

1) ter um celular novo
2) fazer uma viagem curta
3) tirar do pet esse hábito horrível

Veja alguns depoimentos, selecionados entre centenas:

Repare como muita gente com esse problema prefere resolvê-lo a ter alguns caprichos materiais. É o seu caso?

Foi exatamente para ajudar a realizar o sonho de tantas pessoas que convivem com o problema que eu reuni todos os meus apontamentos e criei o guia COPROFAGIA TEM CURA!

Torne seu lar mais feliz!

E é por isso que eu estou tão feliz nesse momento! Porque eu sei que agora posso te dar o direcionamento certo para você realizar sua vontade!

Porque você vai ter o passo a passo comprovado de como acabar com a coprofagia de seu pet.

Você vai ficar livre do choro, das frustrações e da raiva que eu sei que você sente quando vê seu pet comer cocô!

Porque depois que você identificar a causa, bastarão alguns dias para o problema desaparecer por completo!

O conteúdo do Guia Coprofagia Tem Cura, é único! Não existe estudo similar que aponte todas as 28 causas possíveis para esse problema (tudo escrito de forma simples de ler e entender)

O GUIA COPROFAGIA TEM CURA! possui 3 MÓDULOS:

Módulo 1

Feito para você que gosta de ler, nesse módulo você vai encontrar um livro digital que você pode baixar e ler quando e onde quiser. São dezenas de páginas, com todas as 28 CAUSAS já percebidas!

Com certeza seu pet está agindo sob a influência de alguma delas - às vezes mais de uma!

O GUIA COPROFAGIA TEM CURA! possui 3 MÓDULOS:

Módulo 2

Feito para você que gosta de assistir a vídeos, nesse módulo você vai encontrar 43 vídeos educativos, que você assiste no seu pc, tablet ou celular. De forma simples e objetiva, todo o conteúdo do curso vai ser passado para você!

O GUIA COPROFAGIA TEM CURA! possui 3 MÓDULOS:

Módulo 3

Imagine poder aprender enquanto dirige, corre, ou faz afazeres domésticos... Sim, é possível! Basta baixar os áudios MP3 do seu GUIA COPROFAGIA TEM CURA que você vai poder ouvir no som do carro, no mp3 player ou no seu celular. Bacana, né? Pensei nisso para ajudar você, que não tem tempo a perder a fazer seu aprendizado!

Com as orientações do guia COPROFAGIA TEM CURA! você vai tornar sua casa e sua família muito mais felizes! Imagine todos poderem brincar com o pet (pegar no colo, abraçar, deixar ele lamber vocês) sem restrições!

Quanto vale isso? Não tem preço, não é mesmo?!

Para quem esse guia é indicado?

Pessoas:

  • Mesmo com pouco tempo

    Sim, você não precisa de muito tempo! Bastam 2 ou 3 horas para você aprender tudo o que precisa!

  • Ainda que com restrições físicas

    O treinamento não requer atividades físicas ou deslocamentos. Você faz na sua casa, sentada e sem gasto de energia!

  • De qualquer idade

    Você pode ser jovem ou idosa, não importa! Todo o material foi feito para ajudar pessoas de qualquer idade!

  • Em qualquer lugar

    More você numa casa, apto ou num sítio, não importa. Você pode aprender, e aplicar o aprendido, em qualquer lugar!

Pets:

  • Filhotes, adultos ou idosos

    O que você vai descobrir pode ser aplicado em qualquer fase da vida em que seu pet esteja!

  • De qualquer porte

    Não importa se pequeno, médio ou grande: se seu animal come cocô, as orientações servirão para acabar com isso!

  • De qualquer raça

    Embora algumas sejam mais pré dispostas, o conteúdo do Guia atende a qualquer raça desde as mais calmas as mais agitadas!

  • Não importa o peso

    Sim, você vai poder aplicar o seu aprendizado tanto em animais magrinhos quanto obesos! TODOS na sua casa irão se beneficiar!