Cardiomiopatia Hipertrófica – essa doença não tem cura!

A cardiomiopatia hipertrófica é uma doença cardíaca hereditária bastante comum em ga­tos. Infelizmente, sem cura!

A cardiomiopatia hipertrófica, a luxa­ção da patela e a displasia coxofemural são três doenças que costumam acometer os felinos – os gatos da raça Bengal, por exemplo, tem um alto índice dessas doenças.

A seguir, vamos detalhar pra você o que é cada doença, seus sin­tomas, tratamento e prevenção.

É importante frisar que tal ma­téria é válida também para do­nos de outras raças de gatos, pois essas doenças podem atingir a outros felinos também.

 

Cardiomiopatia Hipertrófica

 

Sintomas

  • Arritmia car­díaca
  • Batimento irregular do coração
  • Dificuldade do gato em respirar
  • Intolerância a exercícios
  • Pode ocorrer depressão

 

Tratamento

Infelizmente o tratamento é apenas dos sintomas, uma vez que não há cura para a doença.

O veterinário, entretanto, fará com que seu gato possa ter uma vida mais prazeirosa e duradoura.

Assim que suspeitar de um quadro de cardiomiopatia hipertrófica, você deve procurar ajuda imediatamente!

 

Prevenção

Ao perceber o caso num animal, não realizar acasalamentos.

 

Veja também:

 

Leia também:

Gatos

 

Gostou do post? Achou curioso? Dê um like para ele! Adoramos quando percebemos que nossos leitores curtiram nosso trabalho!